A Helena chegou

Hoje esse post do blog vai ser longo... porque quando a história da cliente toca com a minha história, não tem jeito, temos que falar sobre o assunto.

As fotografias de família sempre contam uma história, muitas vezes elas passam despercebidas, não percebemos, não entendemos, às vezes nem sequer reparamos.

Esses dias li um post de uma colega fotógrafa falando que quando nasceu o irmãozinho dela, ela teve muito ciúmes e ela soube disso quando começou a reparar nas fotos da época, ela sempre com a cara fechada, emburrada. E aí, ela percebeu que 1 ou 2 anos depois, lá estava ela, em outra foto, sentada na mesma motoquinha que o irmão, e os dois dando uma bela gargalhada e ela escreveu: "aqui percebi o quanto eu já era feliz por ter meu irmão".

Eu tenho duas meninas e nesse dia de hoje, como nunca antes, a minha mais velha sofre de ciúmes da mais nova e por mais que a gente tente, fale, beije, abrace, ela nunca vai saber que o meu amor jamais se dividiu entre elas, NUNCA. Meu amor só aumentou, porque em tantos momentos que vejo ela sendo uma irmãzona, eu me orgulho ainda mais da menina que ela é, do coração enorme que ela tem, sua generosidade, seu carinho e cuidado com a irmã.

No dia do ensaio do Felipe e da Helena, a mamãe me contou algo sobre o Felipe não entender o porque decidiram ter a Helena, afinal, eles já o tinham como filho, pra que querer outro?

Uau, que pergunta que aperta o coração de uma mãe! E pior ainda é não conseguir dar uma boa resposta porque, nesse momento, é tão difícil pra ele entender o quanto a chegada da irmã só vai trazer coisas boas pra vida dele.

Sim, tem que dividir a atenção da mãe e do pai e da família toda, dividir os brinquedos, às vezes dividir o quarto, a comida... mas a vida é assim e dividir nada mais é do que ser generoso! Mas muito mais do que dividir, ele terá uma companhia pra vida toda, uma aliada nas suas brincadeiras de bagunça, alguém para dar a mão quando se sentir inseguro, alguém pra ensinar desde as menores coisas da vida como ajudar a dar os primeiros passos até coisas grandes quando estiverem maiores, e vai aprender tanto com ela também. Um irmão é alguém que estará lá para vibrar a cada conquista sua, te ajudar nas suas escolhas, te compreender quando parece que ninguém mais compreende.

E sim, vai ter ciúmes, rivalidade, dias de briga, mas terão muito mais dias de amor, carinho, afeto, companheirismo e cumplicidade, pode ter certeza!

E eu espero estar sempre pertinho registrando cada um desses momentos lindos de vocês!

Bem vinda Helena, que sua vida seja iluminada de momentos incríveis, com a sua chegada a família está ainda mais linda, feliz e completa!


ps: e se as fotos contam muito sobre nossa história, lá no fundo o Fê pode até estar um pouquinho chateado, mas nas fotos eu só vejo demonstração de amor, carinho e muito cuidado com a irmã!























31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo